FANDOM


Kyrat

Kyrat (Sanskrit: क्य्रट्, Tibetan: ཀྱ་རཧ) é a região fictícia do Himalaia em Far Cry 4. Essa região é governada por um despótico rei auto-nomeado Pagan Min.

HistóriaEditar

A antiga guerraEditar

Não se sabe muito sobre a história de Kyrat, mas sabemos que era uma monarquia decadente que estava em guerra entre os Monarquistas (Pessoas que queriam derrubar os Realistas) e os Realistas (Pessoas que queriam derrubara a Monarquia). Quando Min procurou refúgio depois que matadores de aluguel o perseguiam em 1987, ele se juntou a uma facção chamada dos Monarquistas. Lá ele se juntou a Mohan Ghale e Darpan, e todos eles juntos, com os soldados de Min e de sua irmã Yuma Lau, Min e os Monarquistas venceram a guerra, porém, Min traiu a todos e assassinou todos os membros da facção e reivindicou o trono. Kyrat se tornou uma ditadura e corrompeu comércios. Min deixou os problemas de Kyrats nas mãos de seus governadores lunáticos Yuma, Paul "De Pleur" Harmon e de uma doutora que inicialmente estava contra Min, mas após ter sua família sequestrada, Noore Najaar se tronou mais uma governante de Kyrat cuidando da Arena Shanath.

Kyrat se separou em três regiões distintas: the Lowlands, Midlands e os Himalayas. Lowlands é a primeira região a ser desbloqueada; é onde fica Banapur, a casa do Caminho Dourado, grupo criado por Mohan depois da traição de Min que vai contra ele. Lowlands e Midlands são terras separadas pela ponte do Rei, que não pode ser cruzada por jogadores inicialmente até que cheguem na campanha principal.

Midlands é a região principal de Kyrat sobre o controle do Rei Pagan Min e administrada por Yuma Lau; o palácio e forte reais podem ser encontrados em midlands. A região do Himalaia não está na seção de mundo aberto do mapa.

A nova guerraEditar

Pagan criou mais uma guerra após tomar o local, a guerra de seu exército contra o Caminho Dourado, mas Pagan estava preparado, ele deixou tudo nas mãos de Yuma e Paul, Paul cuidaria do Exército Real, a primeira linha de defesa de Min, eles tem armamentos simples mas um treinamento forte, porém, Yuma controlaria a Guarda Real, os verdadeiros profissionais de Min, com equipamentos extremamente caros, armas de primeira linha e treinamento árduo. Com tudo isso, o Caminho Dourado se viu perdido, pois seus membros na maioria das vezes, eram pessoas sem treinamento e com armas piores do que a do Exército Real, mas o que os segurava era a forte liderança de Mohan Ghale, um verdadeiro líder para todos.

Mandando uma espiãEditar

Ishwari Ghale, esposa de Mohan, havia acabado de ter um filho, Ajay Ghale, porém, eles pensaram que isso seria algo bom, o que não foi, pois o casamento deles estavam desmoronando e Ishwari queria ser útil na guerra, entre várias discussões, Mohan apenas para assustá-la, disse a Ishwari que se ela quisesse ajudar, ela teria que entrar como espiã no Palácio Real, mas para a surpresa de Mohan, ela aceitou. O plano de Mohan acabou indo para frente e Ishwari foi mandada para lá com Ajay, ela iria dizer a Pagan que Mohan enlouqueceu e tentou atacá-los, porém Ishwari fugiu e foi para lá achando ser o local mais seguro, com o tempo, Pagan a aceitou como sua empregada, porém o relacionamentos foi para frente e eles tiveram um caso, que resultou na filha de Pagan e Ishwari, Lakshmana. Ishwari sempre mandava através de cartas mensagens sobre fraquezas e coisas que ajudariam o Caminho Dourado na guerra, porém as mensagens pararam de vir e Mohan acabou por descobrir sobre Lakshamana, então sem pensar duas vezes, Mohan a matou e Ishwari foi obrigada a querer deixar o país, Pagan sabia disso e respeitava a escolha de Ishwari, porém, quando ela estava para sair da Residência Ghale, Mohan a parou e tentou matá-la, mas Ishwari por auto-defesa, acabou sendo ela a assassina, então ela correu para o aeroporto e fugiu aos Estados Unidos.

AtualmenteEditar

Anos depois desses incidentes, Kyrat continua passando por momentos difíceis, Pagan literalmente deixou seus exércitos de lado, não que ele não os lidera-se mais, porém ele fugiu e permaneceu no seu palácio, deixando suas forças no comando de Yuma, Paul e Noore, sem nenhuma interferência dele (Por isso suas poucas aparições no jogo), o que não deu muito certo, pois os 3 não se davam muito bem, chegando a ponto de um querer matar o outro, como Yuma que uma vez mandou cães de caça atrás de Paul. Já o Caminho Dourado ficou pior do que nunca, sem Mohan, os líderes agora são Sabal e Amita, suas pessoas com personalidades e ideias diferentes, que vivem brigando e tentando decidir quem fará certa coisa. Com tudo em desastre, o povo ficou perdido no meio disso tudo.

GeografiaEditar

Kyrat tem um clima baixo e sua vegetação, por incrível que pareça, é verde como as partes altas frias. Ela é uma região montanhosa e um veículo é essencial para "dar uma volta" aqui.

GaleriaEditar